Aplicativos e software

Proteja seu computador contra vírus com estas dicas e sugestões úteis

Proteja seu computador contra vírus com estas dicas e sugestões úteis


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Quer saber como manter seu laptop, tablet ou PC à prova de vírus? Então, aqui estão algumas dicas e sugestões úteis para ajudar a manter seu computador em forma de luta contra malware.

RELACIONADO: 9 DICAS DE SEGURANÇA PARA PROTEGER SEUS DADOS E PRIVACIDADE ONLINE

Os vírus são ruins para os computadores?

Resumindo, sim. Os vírus de computador, uma forma de malware, se replicam e se espalham após uma execução inicial (infecção) por todo o sistema de computador e tendem a destruir dados, reduzir a velocidade dos recursos do sistema, registrar teclas digitadas e uma miríade de outras ações maliciosas.

A escolha do termo "vírus" não é acidental. Você pode compará-lo a vírus biológicos que impedem seriamente seu corpo de funcionar normalmente. Os vírus de computador fazem o mesmo tipo de coisa, apenas digitalmente no seu computador.

Eles se replicam implacavelmente e danificam programas e arquivos. Na melhor das hipóteses, eles tornam o computador lento, mas, na pior das hipóteses, podem impedir completamente o funcionamento do computador.

Quais são algumas dicas e sugestões para manter seu computador livre de vírus?

E assim, sem mais delongas, aqui estão algumas dicas e sugestões úteis para manter seu computador à prova de vírus, pelo menos da melhor maneira possível. Os itens a seguir não estão em uma ordem específica e estão longe de ser exaustivos.

1. Verifique se você realmente tem um software antivírus e mantenha-o atualizado

Esta é provavelmente a coisa mais importante que você pode fazer para tentar manter seu computador à prova de vírus. Embora possa parecer um movimento óbvio, você ficaria surpreso com quantas pessoas não se preocupam em usar um.

Com um mercado tão saudável de software antivírus lá fora, você, como consumidor, tem muitas opções. Você também não tem uma desculpa para não pegar uma.

Alguns sistemas operacionais, como o Windows, vêm com um integrado, mas os pacotes disponíveis no mercado geralmente são consideravelmente melhores para segurança e proteção online.

Um dos melhores do mercado é o pacote de pacotes de antivírus oferecido pelo veterano de mercado McAfee. Há muito respeitados no mundo do software antivírus, seus produtos mais recentes oferecem proteção incomparável para o seu computador.

A McAfee oferece atualmente três níveis de software antivírus, dependendo de suas necessidades e do número de dispositivos que deseja proteger. Seu "pacote familiar" protege até dez dispositivos e custos $89.95 para proteção de um único ano.

Esta é a oferta de pacote bumper da McAfee, mas você pode proteger menos dispositivos com assinaturas anuais mais baixas. Por exemplo, cinco dispositivos vai te custar $59.95, e um único dispositivo proteção anual custa um mero $39.95.

Depois de escolher um software antivírus, certifique-se de mantê-lo atualizado regularmente para garantir que seu computador esteja protegido contra as últimas ameaças da Internet.

2. Se você tiver um firewall, verifique se ele está ativado!

Outro obstáculo comum que deixa seu computador aberto a ataques cibernéticos é não ativar o firewall. Os sistemas operacionais, como o Windows, têm um integrado e geralmente é ativado por padrão - mas verifique.

Esses firewalls tendem a funcionar em conjunto com firewalls de hardware integrados ao roteador de banda larga de sua casa também.

"Firewalls fornecem proteção contra ciberataques externos, protegendo seu computador ou rede contra tráfego de rede malicioso ou desnecessário. Firewalls também podem impedir que software malicioso acesse um computador ou rede através da Internet." - us-cert.gov.

No Windows, você pode verificar se o firewall está ativado digitando "verificar firewall" no menu iniciar e, em seguida, selecionar "Verificar status do firewall". Três marcas de verificação verdes significam que o firewall está funcionando normalmente - caso contrário, selecione cada uma para ativar o firewall.

Para macOS, o processo é um pouco diferente. O Linux, por outro lado, é um mundo à parte.

3. Tente usar a versão mais recente de um navegador da web

Outra dica útil para manter seu computador livre de vírus é usar a versão mais recente de um navegador da web. Como qualquer software, os navegadores podem conter bugs que podem ser explorados por hackers para obter acesso às suas informações confidenciais.

Assim que isso acontecer, um hacker pode monitorar tudo o que você fizer, incluindo acessar suas senhas e números de cartão de crédito, etc. Por esse motivo, entre outros, é sempre aconselhável obter a versão mais recente para garantir que esses bugs foram corrigidos.

Porém, deve-se observar que a maioria dos navegadores modernos, como o Google Chrome, fará isso automaticamente por você.

4. Mantenha seu sistema operacional atualizado (quando aplicável)

Embora você corra menos risco com os sistemas operacionais macOS e Linux, o Windows costuma ser o principal alvo dos hackers para tentar contornar seus recursos de segurança embutidos. O Windows é um dos sistemas operacionais mais populares para usuários privados e empresas, e esta é a principal razão pela qual ele é atualizado com tanta regularidade.

Geralmente, eles são instalados automaticamente, mas apenas se esse recurso estiver ativado e configurado corretamente. Se você atualizou para o Windows 10, as atualizações automáticas serão definidas como padrão e não podem ser desativadas.

Sim, às vezes é irritante, mas tenha a certeza de que é para mantê-lo são e salvo. Claro, se você está realmente preocupado com a vulnerabilidade do Windows, pode considerar mudar para outro sistema operacional.

5. Fique esperto com o phishing

Outra maneira comum de os vírus e outros malwares entrarem em seu computador é por meio de phishing, especialmente e-mails de phishing. A maioria é geralmente muito fácil de detectar, mas alguns podem ser muito sofisticados e podem até parecer ser de um provedor de serviços online reconhecível solicitando suas informações pessoais.

A grande maioria deve ser capturada pelo filtro de spam de seus aplicativos de e-mail, mas os estranhos irão passar de vez em quando. Os navegadores mais atualizados também devem avisá-lo se você clicar em qualquer link do e-mail - sem mencionar seu software antivírus (como a excelente variedade de pacotes da McAfee).

No entanto, quaisquer técnicas anti-phishing não são infalíveis. É por isso que você deve estar sempre vigilante.

De acordo com a Microsoft, quase metade de todas as infecções virais nos computadores dos usuários ocorrem porque eles clicaram em links suspeitos em emails.

6. Mantenha o seu bom senso online

Uma das maneiras mais fáceis de infectar seu computador com um vírus, spyware ou outro malware é visitando sites suspeitos. Se você usa o Google Chrome ou tem um software antivírus de alta qualidade como o McAfee instalado, deve ser avisado se o fizer acidentalmente.

No entanto, alguns sinais indicadores de que o site não é confiável é que ele pode perguntar se pode fazer a varredura em seu computador em busca de vírus. Se isso acontecer, saia do site imediatamente.

Outra dica é nunca instalar nenhum software de um site, a menos que você saiba exatamente para que se destina e tenha solicitado a instalação. Alguns sites carregam software malicioso sob o pretexto de permitir que você faça isso ou aquilo, como assistir a um filme, por exemplo.

Sempre tenha cuidado ao instalar jogos grátis que você encontrou aleatoriamente na web e também tenha cuidado com sites e aplicativos BitTorrent.

7. Sempre considere usar uma VPN junto com seu software antivírus

Outra ótima dica é considerar o uso de uma VPN. Embora não sejam uma alternativa ao software antivírus, eles funcionam como uma ótima companhia para eles.

Você pode comparar a diferença a um antivírus sendo como o escudo e a armadura do seu computador contra softwares maliciosos e uma VPN agindo como sua camuflagem. Afinal, agentes nefastos (incluindo agências de espionagem) não podem prejudicar ou rastrear o que não podem encontrar. Boas VPNs permitem que você navegue na Internet anonimamente usando algo chamado tunelamento para não apenas ocultar seu IP, mas também encapsular e criptografar seus dados.

Isso não apenas permite que você contorne as proibições governamentais em sites, mas também evita que indesejáveis ​​aprendam sobre sua identidade ou colham seus dados. VPNs de boa qualidade também vêm com medidas de segurança de ponta integradas, incluindo interruptores de eliminação que cortam sua conexão de internet caso ocorra um possível hack.

Muitos também vêm com medidas anti-malware adicionais, como o seu software antivírus. Convenientemente, alguns dos melhores softwares antivírus do mercado, como o McAfee, também vêm com VPN (desde que você opte pela renovação automática) para oferecer o melhor dos dois mundos.

E isso é tudo. Essas dicas e sugestões simples, porém eficazes, manterão você, seus dados e o computador tão à prova de vírus quanto possível.

Evite desconectar permanentemente o computador da Internet, é claro.


Assista o vídeo: Se você tem Samsung, ative AGORA estas 4 funções no seu celular. Parte 3 (Junho 2022).


Comentários:

  1. Shaine

    Maravilha, mensagem muito divertida

  2. Samunris

    piada de lata !!

  3. Shakalabar

    Peço desculpas, mas, na minha opinião, você não está certo. Vamos discutir. Escreva para mim em PM.

  4. Moyo

    It is falsehood.

  5. Marlyssa

    Please tell me - where can I find out more about this?



Escreve uma mensagem