Inovação

Cientistas engenheiros de filtro de ar que podem matar SARS-CoV-2 instantaneamente

Cientistas engenheiros de filtro de ar que podem matar SARS-CoV-2 instantaneamente


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Cientistas da Universidade de Houston, em colaboração com outros, desenvolveram um filtro de ar que pode capturar o SARS-CoV-2 e matá-lo instantaneamente. O filtro é feito de espuma de níquel disponível comercialmente aquecida a 200 graus centígrados (392 graus Fahrenheit).

RELACIONADO: OS FILTROS DE AR ​​DE ALTO DESEMPENHO PODEM NÃO ATENDER AS EXPECTATIVAS

Os testes de vírus no Laboratório Nacional de Galveston descobriram que 99.8% do vírus SARS-CoV-2 foi morto em uma única passagem e que99.9% dos esporos do antraz também foram mortos.

“Este filtro pode ser útil em aeroportos e aviões, em prédios de escritórios, escolas e navios de cruzeiro para impedir a disseminação do COVID-19”, disse Ren, MD Anderson Chair Professor de Física da Universidade de Houston e o co-correspondente autor do artigo.

“Sua capacidade de ajudar a controlar a propagação do vírus pode ser muito útil para a sociedade.”

Os pesquisadores disseram que, como o vírus pode permanecer no ar por cerca de três horas, a criação de um filtro que pudesse removê-lo do ar era crucial. Os pesquisadores também sabiam que o vírus não sobreviveria a temperaturas acima 70 graus centígrados(158 graus Fahrenheit).

Como tal, eles decidiram criar um filtro aquecido e tornar a temperatura do filtro muito mais alta para matar o vírus quase instantaneamente. Eles usaram espuma de níquel para o filtro de ar porque ela é porosa, eletricamente condutiva e flexível.

Os pesquisadores encontraram um problema: a espuma de níquel tem baixa resistividade. Para resolver esse problema, eles dobraram a espuma, conectando vários compartimentos com fios elétricos para aumentar a resistência o suficiente para elevar a temperatura até 250 graus centígrados (482 graus Fahrenheit).

"Ao fazer o filtro aquecido eletricamente, em vez de aquecê-lo de uma fonte externa, os pesquisadores disseram que minimizaram a quantidade de calor que escapou do filtro, permitindo que o ar condicionado funcione com o mínimo de esforço", disse um comunicado de imprensa da Universidade de Houston.


Assista o vídeo: O que o CORONAVÍRUS faz no corpo. Prof. Paulo Jubilut (Pode 2022).